Sintomas de endometriose que você não conhece




A endometriose aparece em mulheres no período reprodutivo e pode surgir após a primeira menstruação. Os sinais mais fortes aparecem entre 25 e 35 anos. Esta doença não possui cura definitiva, mas há tratamentos que podem melhorar a qualidade de vida. O exercício físico e a alimentação saudável são essenciais para ajudar a eficácia dos procedimentos médicos.

sintomas-de-endometriose-que-voce-nao-conhece-2

Há sinais que nos alertam sobre a doença, mas podem passar despercebidos ou relacionar-se com outros desconfortos. Estes são os sintomas mais comuns:

Cólicas menstruais muito intensas

Quando a mulher menstrua, aquela camada interna do útero se separa, sangra e é expulso vaginalmente. Assim, em mulheres com endometriose, durante o período de menstruação, há sangramento e inflamação nesses outros órgãos, o que gera ainda mais dor.

Às vezes, a aparência de cólica não tem nenhum motivo real aparente. A dor não é um sintoma natural na vida de uma mulher. Portanto, você deve ter cuidado se você passar por um período mais doloroso do que o habitual.

Descreva o que você sente pelo seu ginecologista para analisar as causas e orientá-lo no melhor tratamento.

Dor durante a relação sexual

Você sempre deve lembrar que o sexo deve causar prazer e nada mais. Se há dor, é porque algo não está certo. Há muitos que desconfiam deste sintoma e poucos que atribuem à endometriose a dor durante o sexo.

Mas, como saber se está realmente relacionado a essa doença? Será um dos sintomas da endometriose? E se esse desconforto que eu sinto é normal?

Você deve saber que entre as características da dor devido à endometriose estão:

  • É uma dor cíclica.
  • É de forte intensidade.
  • Aumentar progressivamente.
  • Está associado ao mesmo que se sente durante o período menstrual.
  • Você não se sentiria melhor com analgésicos comuns.

Infertilidade

A inflamação crônica na pélvis pode impedir a implantação do embrião no útero. A boa notícia é que, no caso de você ter esse problema, sua fertilidade pode ser restaurada com o tratamento adequado.

Claro, você precisará de paciência e controle preciso. Você deve ir ao seu ginecologista e seguir cada instrução dada nos respectivos medicamentos e horários.

Alterações e dor no intestino durante o sangramento menstrual

No período menstrual, as lesões na endometriose no intestino causam inflamação e dor intestinal e todos os sintomas associados a eles, tais como:

  • Gases
  • Inchaço
  • Flatulência
  • Cólicas menstruais
  • Hemorragia nas fezes
  • Em casos mais graves, a obstrução intestinal

Dor ao urinar

Além dos intestinos, a bexiga também é encontrada na região afetada pela endometriose e pode sofrer as mesmas alterações quando o sangramento menstrual diminui. Você pode sentir mais dor quando urina, você pode sangrar.

Nos casos mais graves, a endometriose pode comprometer os ureteres, que são as estruturas que transportam a urina dos rins para a bexiga e podem até complicar os rins.

Dor pélvica crônica

A endometriose pode envolver vários órgãos na pelve e se desenvolver ao longo de muitos anos. Com o passar do tempo, você pode continuar a sentir dor contínua, independentemente da menstruação .

Esta condição é chamada de dor pélvica crônica e tem um grande impacto na qualidade de vida dessas mulheres, pois interfere com seus deveres profissionais, pessoais e sexuais.

Preste atenção aos sintomas da endometriose

Se você prestar alguns desses sintomas de endometriose, confie em suas suspeitas e procure um tratamento.

Pense que se você deixar passar o tempo, você pode encontrar-se em situações desconfortáveis ​​em sua vida diária. Sua saúde futura pode ser comprometida se hoje você não prestar atenção às mensagens enviadas pelo seu corpo. Não se conforme ao tratamento da dor inicial ou do primeiro desconforto.

É sempre melhor atacar o problema real desde o início e evitar o seu crescimento.

Quando você os come, as enzimas estão esgotadas antes de terminarem digerindo o alimento, então elas são armazenadas onde não devem e quando se decompõem, geram gases, inflamação e dispepsia.

O estranho quando você vê os exames de sangue que indicam colesterol alto é quando você tem uma dieta equilibrada e quase nenhuma gordura é consumida.