Sintomas da Andropausa




Os sintomas da andropausa podem ser tão complicados quanto os da menopausa feminina. São grandes mudanças hormonais que não são fáceis de assimilar e podem ter muitas manifestações no corpo e nas emoções.

A andropausa não ocorre em um período definido nos homens, mas geralmente ocorre quando os níveis de testosterona começam a diminuir ao longo do tempo, mas existem outros fatores que podem causar declínio da testosterona, como no caso da diabetes.

Deixe-nos ver quais são os sintomas da andropausa que ocorrem com mais freqüência.

sintomas-de-la-andropausia

Sintomas da andropausa:

  • 1. Fadiga muscular extrema, mesmo que nenhuma atividade física tenha sido realizada.
  • 2. Fraqueza no corpo, especialmente nas extremidades.
  • 3. Depressão sem motivo aparente
  • 4. Dificuldades no capô sexual.
  • 5. Disfunção erétil
  • 6. Perda de apetite sexual
  • 7. Calor no rosto
  • 8. Mudanças de humor de um momento para outro
  • 9. Perda ou diminuição do índice de massa corporal
  • 10. Redistribuição da gordura corporal (aumento da barriga ou do tórax)
  • 11. Diminuição dos níveis de energia
  • 12. Aumento em sudiración
  • 13. Dificuldade de concentração e perda ocasional de memória de curto prazo
  • 14. Irritabilidade.

Os sintomas da andropausa ocorrem muito mais lentamente do que na menopausa das mulheres porque a testosterona não desaparece completamente do corpo.

Fatores que pioram os sintomas da andropausa:

As seguintes ações ou emoções podem fazer essas mudanças hormonais atingir os homens mais difíceis. Se quisermos reduzir a intensidade dos sintomas da andropausa, estes são os fatores que devem ser controlados:

1. Falta de sono e horas de descanso insuficientes: cada noite precisamos de 7 a 8 horas para que nosso corpo e mente estejam em condições ideais.

2. Dieta inadequada: os níveis hormonais também são mantidos regulados pela dieta. Se você deseja evitar complicações de saúde, coma de forma saudável e em quantidades moderadas.

3. Falta de exercício: a inatividade nos afeta em muitos aspectos da vida, e a andropausa não é exceção. Os sintomas podem ser menos leves ao exercitar e outras atividades relaxantes que permitem a liberação de nifenes.

4. Beber muito álcool: as bebidas alcoólicas tornam o funcionamento do nosso corpo muito menos eficiente.

5. Fumar: Além de problemas com os pulmões, pele e disfunção erétil, fumar pode levar a ansiedade e depressão.

Se você tem vários dos sintomas da andropausa, procure ajuda profissional para verificar se é o processo normal de hormônios ou se você tem alguma outra doença que está causando os sintomas. Tente ficar relaxado e sem pressão para que a andropausa não cause efeitos visíveis.

Também é recomendado que você faça um exame de sangue para verificar seus níveis de testosterona. Se você tiver déficit, você pode começar com um tratamento para compensar a ausência desse hormônio com pílulas, remendos ou injeções para aliviar os sintomas da andropausa.