Sintomas da candidíase e como tratá-la




candidiasis

O que é candidíase?

Candida é o nome científico de uma levedura. É um fungo que vive em muitas partes, incluindo o corpo humano e provoca infecções comuns na flora da boca, do trato intestinal e vagina, mas que também podem infectar a pele e outras mucosas. Se o sistema imunológico estiver funcionando corretamente, esse tipo de infecção por fermento raramente é grave. Por outro lado, quando o sistema imunológico não funciona de forma otimizada, a infecção por candida pode migrar para outras áreas do corpo, incluindo sangue e membranas ao redor do coração ou do cérebro.

Candidíase é donomina para a infecção causada por várias variedades de levedura candida, sendo a candida albicans mais freqüente. Esta levedura geralmente ajuda com a absorção e digestão de nutrientes, mas quando é produzido em excesso, os sintomas típicos da candidíase podem aparecer. A síndrome de sobrecrescimento de Candida (COS) é o termo usado quando a candida cresceu fora de controle no organismo e é uma condição de saúde crônica. Neste artigo você aprenderá tudo sobre candida e como curá-lo.

Causas da candidíase

Existem várias possíveis causas de candidíase, como uma dieta rica em açúcar, carboidratos refinados e álcool que ajudam no crescimento de fermento. Aqui estão outras 6 causas potenciais de infecções por candida:

1. Antibióticos de alto espectro

O tratamento para uma infecção persistente é com antibióticos que matam as bactérias ofensivas em seu sistema. No entanto, também mata boas bactérias e seu uso excessivo produz resistência em microorganismos.

As boas bactérias são benéficas para o seu corpo, são responsáveis ​​pela digestão e mantêm as bactérias como candida sob controle. Os antibióticos não só aumentarão a resistência à candida, mas também reduzirão as bactérias benéficas e seus efeitos positivos em seu corpo.

2. Comprimidos anticoncepcionais

Ao contrário dos antibióticos, as pílulas anticoncepcionais não causam diretamente uma síndrome de supercrescimento de Candida. Mas quando você consome uma dieta rica em açúcares refinados e você teve um tratamento antibiótico, as pílulas anticoncepcionais podem contribuir para afetar negativamente seu corpo, levando a uma infecção por candida. Algumas mulheres que se encontram tomando pílulas anticoncepcionais informam que Candida pode se multiplicar e permanecer em seu corpo.

3. Corticosteróides orais

As pessoas que tratam a asma com corticosteróides inaladores têm um risco aumentado de desenvolver candida na boca, pois leva ao crescimento excessivo de candida. Se este for seu caso e você apresenta candiadíase oral, você pode tratá-lo fazendo gargantas com uma mistura de óleo de coco mais duas gotas de óleo de cravo essencial.

4. Tratamentos contra o câncer

De acordo com o Departamento de Pesquisa Clínica da Merck Research Laboratories, a candidíase invasiva está frequentemente presente em pacientes com câncer. Neste estudo, um terço dos pacientes submetidos ao tratamento do câncer tiveram candidíase. Quimioterapia e trabalho de radiação para matar células cancerosas e tumores, mas também matam bactérias saudáveis ​​que combatem a candidíase naturalmente.

5. Diabetes

As pessoas com diabetes tipo I e II têm níveis mais altos de açúcar no sangue do que uma pessoa sem essa doença, portanto, na boca e as mucosas também contém o maior açúcar. Como a candida é um tipo de levedura e açúcar que alimenta fermento, é compreensível que as pessoas com diabetes estão em maior risco de desenvolver a síndrome de crescimento excessivo de Candida.

6. Sistema imunológico enfraquecido

Como no caso de pessoas com tratamentos de câncer, um indivíduo com um sistema imune enfraquecido é mais propenso a desenvolver candidíase. Esta população inclui bebês, crianças pequenas, idosos, pessoas diagnosticadas com HIV / AIDS e outras condições inflamatórias e auto-imunes.

Sintomas de candidíase

O crescimento excessivo de Candida pode ser difícil de diagnosticar. Este tipo de infecção por fungos apresenta diferentes sintomas entre as pessoas. Aqui estão 9 sintomas comuns de síndrome de supercrescimento de Candida.

1. Fadiga crônica

Se sofre de cansaço ou exaustão, independentemente do número de horas que você dorme diariamente, você pode ter síndrome da fadiga crônica. Esta doença é caracterizada por fadiga que dura pelo menos seis meses e que é acompanhada por outros sintomas como dores de cabeça, dor nas articulações, dificuldades de memória, dificuldade de concentração e dor de garganta.

Um dos sintomas da candida é a fadiga crônica. Embora uma infecção por candida não seja a única causa da fadiga crônica, muitos médicos acreditam que aumenta o risco de desenvolver.

2. Distúrbios do humor

Uma das razões pelas quais pode ser difícil diagnosticar a candidíase é que muitos dos sintomas são comuns, incluindo transtorno do humor. Indivíduos com crescimento excessivo de candida podem sofrer mudanças drásticas de humor, ansiedade, irritabilidade, depressão e mesmo ataques de pânico.

3. Infecções recorrentes na vagina e no trato urinário

Se você tem infecções recorrentes no trato urinário e na vagina, a candida provavelmente será a raiz do problema. Candida pode ser transmitida sexualmente. Para reduzir o risco, você pode usar roupas íntimas ou meias ajustadas, evite banhos quentes durante uma infecção ativa, pois isso encoraja a multiplicação de candida.

candidiasis_1287

4. Candidíase oral

Se você não tratar essa infecção, ela poderia se espalhar para outras áreas do corpo; as válvulas dos caminhos, os pulmões, o fígado e os intestinos. A candidíase oral é contagiosa; os recém-nascidos podem obter candidíase durante o nascimento, as crianças podem adquiri-lo compartilhando brinquedos com outras crianças e os adultos podem passar pela saliva.

5. Infecção dos sinos

Como a infecção por candida, a infecção sinusal é comum hoje e pode ser difícil identificar a causa raiz. A cândida afeta os seios e pode levar a uma tosse persistente, gotejamento pós-nasal, aumento do congestionamento, alergias sazonais e sintomas gerais de gripe. Se você tem problemas com seus seios, é hora de verificar uma infecção por candida.

6. Desconforto intestinal

Como mencionado antes, a candida pode atacar a mucosa dos intestinos, se você apresentar desconforto intestinal de forma habitual, é possível que a causa seja esse fermento. Alguns dos sintomas clássicos são flatulência, eructos, distensão abdominal, constipação ou diarréia e cólicas no estômago. Além disso, um crescimento excessivo de candida irá diminuir a quantidade de bactérias benéficas, pode aumentar os sintomas e levar à absorção de nutrientes.

7. Dificuldade em concentrar-se

Junto com mudanças de humor e fadiga crônica, a névoa cerebral é muitas vezes ignorada como um sinal de candida. No entanto, o crescimento excessivo de candida pode causar falta de concentração, falta de coordenação física, dificuldade em se concentrar em tarefas e pouca memória.

8. Pele e unhas infectadas com fungos

A infecção do fungo do pé do atleta e as unhas dos pés são derivadas da mesma raça de candida. As infecções contínuas podem ser um sinal de que você tem uma infecção sistêmica por candida.

9. Desequilíbrio hormonal

É importante saber que uma infecção pode causar menopausa precoce, síndrome pré-menstrual, baixo desejo sexual, enxaquecas, endometriose, retenção de água, mudanças de humor e incapacidade de perder libras indesejadas. Um dos subprodutos da candida pode imitar o estrogênio, levando ao desequilíbrio hormonal severo.

@

candidiasis_1290

Tratamento da Candidíase

Esta limpeza irá ajudá-lo a liberar seu corpo do excesso de candida e outras toxinas, através da lavagem do trato digestivo. Todo o processo será o palco para o início da dieta Candida.

Tratamento 1: Limpeza de Candida

Comece fazendo um caldo de vegetais; cebola, alho, aipo, couve, sal marinho e água pura. Levar a ferver a fogo baixo, descartar os vegetais e refrigerar o caldo.

  • Passo 1: Limpeza de Candida (durando 1 a 2 dias)

Durante todo o dia, tome este caldo quente. Além disso, é impresendível que você beba muita água para ajudar seu corpo a eliminar todas as toxinas. Esta não é uma limpeza a longo prazo para que você possa repeti-la todas as semanas.

Ao remover grãos, frutas, açúcares, amidos e álcool de sua dieta por três a cinco dias, você pode dar grandes passos em sua luta contra o crescimento excessivo de candida. Comer vegetais frescos e orgânicos cozidos têm vapor. Nesta fase, você deve evitar qualquer tipo de vegetais amiláceos, como cenouras, rabanetes, beterrabas, batatas doces e batatas brancas, o que pode contribuir para altos níveis de açúcar e alimentar a candida. Além disso, você pode comer salada de folhas verdes temperada com um pouco de vinagre de cidra de maçã e óleo de coco. Continue a beber muita água.

  • Segundo passo: vegetais cozidos no vapor (duração de 3 a 5 dias)

Esta é uma dieta que irá ajudá-lo a se livrar de Candida. Este é o próximo passo se você já começou a limpar a candida.

Tratamento 2: a dieta de cândida

O primeiro da dieta é fortalecer seu sistema imunológico através da eliminação de açúcar, álcool e carboidratos refinados. Como mencionei antes de esses alimentos contribuir para o crescimento da candida.

  • Primeiro passo:

O segundo passo é substituir o seu alimento por vegetais orgânicos, incluindo cenouras, batatas doces, espinafre, couve e aspargos.




  • Segundo passo:

E quanto aos grãos? Alguns grãos como quinoa, cevada, sorgo e milho podem ajudar a secar o intestino excessivamente úmido, então um por dia pode ajudá-lo a trabalhar contra candida.

Se sofre de dor estomacal, coma qualquer tipo de amido, substitua-os por vegetais amiláceos, como vegetais de folhas verdes, couve-flor, brócolis, pepino, cogumelos, cebolas, pimentões e tomates.

A dieta Candida irá proporcionar-lhe bactérias benéficas, regular o seu apetite e reduzir as suas cravings para carboidratos e açúcares refinados.

A pesquisa mostra que Candida albicans, a cepa de Candida que leva ao crescimento excessivo da candidíase sistêmica, muitas vezes é resistente ao fluconazol e ao itraconazol, as drogas freqüentemente prescritas para candida. Aqui deixo-vos remédios naturais que irão ajudá-lo a lutar contra a candida.

Tratamento 3: suplementos, óleos essenciais e óleo de coco

O óleo de coco pode efetivamente combater candida devido às suas propriedades antimicrobianas. A combinação de ácido láurico e ácido caprílico presente neste óleo, mata a candida do trato digestivo e da pele.

  • Óleo de côco:

@

candidiasis_1299

  • Cardo:

Isso irá ajudá-lo com as glândulas supra-renais e restaurar seu sistema imunológico. Recomendo 1.000 mg de vitamina C duas vezes ao dia.

  • Vitamina C:

Estes óleos irão ajudá-lo a matar uma variedade de parasitas e fungos, incluindo candida. O óleo de lavanda também inibe o crescimento de candida e é eficaz na prevenção da propagação de infecções. Como esses óleos essenciais são poderosos, você só deve levá-lo por 10 dias ou menos.

  • Óleo de cravo, óleo de orégano e óleo de mirra:

Matar rapidamente a candida cria uma reação metabólica que libera mais de 70 toxinas diferentes em seu corpo. Os sintomas que mostram a limpeza de candida e a dieta de candida incluem:

Sintomas que você pode experimentar ao tratar a candidíase

Quando você começa a experimentar os sintomas de Candida morrendo, isso significa que sua eliminação está funcionando. Esses sintomas geralmente desaparecem em sete a dez dias. Candida deixa seu corpo, e dentro de algumas semanas, você notará um aumento na energia e foco, bem como o alívio de outros sintomas que você experimentou. Depois que os sintomas desapareceram e a limpeza e a dieta estão completas, você deve seguir uma dieta rica em proteínas, alta em fibras vegetais e grãos, frutas, vegetais e alto teor de amido, como batatas brancas. Continue a consumir vegetais fermentados e kefir para ajudar seu corpo a ficar em equilíbrio e manter a candida fora dela.

  • Deterioro da função cerebral; Falta de concentração, dificuldade em realizar tarefas, dificuldades de memória, etc.
  • Dor de cabeça.
  • Fadiga e exaustão.
  • Tonturas e náuseas.
  • Desconforto intestinal, incluindo inchaço, gás, flatulência, coloração, dor estomacal, etc.
  • Suando e febre.
  • Infecção dos seios.
  • Sprouts na pele (não limitado ao rosto).
  • Sintomas típicos da gripe.

Embora a candida seja um fungo que se encontra naturalmente em nosso corpo, sua reprodução em excesso pode causar candidíase. A candidíase apresenta sintomas que muitas vezes são difíceis de diferenciar, já que são comuns a muitas doenças. Então, eu recomendo que você se assegure de que seu problema seja diretamente com a candida e descarte outra patologia possível que poderia ser mais séria. Em frente a qualquer dúvida, recomendo que visite seu médico.

Além disso, siga as indicações de tratamento deste artigo, prestando muita atenção se houver sintomas que pioram, pois, se o seu caso for um sistema imune fraco, você deve ser mais cuidadoso ao consumir alimentos crus. Recomendo cozinhar frutas e vegetais para evitar gastroenterite.

A candidíase deve ser diagnosticada por um médico

Outras alternativas

– Para dores de cabeça produzidas por sinusite são inalações muito úteis, pois são misturadas 2 colheres de chá de lavanda seca, 2 colheres de chá de canela e uma pitada de noz-moscada ralada em 1 litro de álcool a 90 graus. Coloque tudo em uma jarra de vidro e feche bem a garrafa. É mantido por uma semana e então os vapores desta preparação são inalados