5 tendências em alimentos para 2018




De acordo com a Royal Spanish Academy (RAE) , uma tendência é a inclinação ou a propensão nas pessoas e as coisas em certos fins, como é o caso da tendência alimentar .

tendencia-alimentar-2018-alimentos-2018-2

Tudo parece indicar que, neste novo ano de 2018, os consumidores terão como objetivo conhecer seus alimentos;

De onde eles vêm? A ética e responsabilidade social das empresas que os produzem para tomar decisões informativas informadas. O empoderamento surgirá nos consumidores, principalmente no grupo chamado “milenares”.

Recomendamos: uma salada por dia evita os efeitos do envelhecimento

Nesse sentido, o relatório de Mintel Global Food & Drink Tendências 2018 revelou, a partir de uma análise com mais de 10 países envolvidos, cinco tendências no setor de alimentos e também bebidas, embora algumas já tenham sido exibidas em 2017.

Tendência alimentar: queremos comer!

1. Natural O relatório assinala que tudo o que é natural será procurado; isto é, que vamos procurar saber mais sobre os rótulos dos produtos para evitar os alimentos que contenham aditivos em excesso, como saborizantes e conservantes, e um dos tópicos relevantes será o dos alimentos transgênicos.

2. Ambiente As reflexões se transformarão no impacto ambiental produzido pela produção de alimentos, o desperdício e a ecologia. Até se falou de uma redução no consumo de carne.

3. “Fotografia”. Ainda procuram ver “nascer o amor”, o que significa que as redes sociais, principalmente o Instagram, continuarão a ser cheias de imagens coloridas de alimentos, atendidas de forma a chamar a atenção dos consumidores.

4. Alimentos personalizados. Será procurado que a nutrição não atenda apenas às características nutricionais, mas reduz fatores como fadiga ou estresse, portanto, a empatia será buscada nos planos de alimentação oferecidos por especialistas em saúde e nutrição.

5. Aplicativos e vídeos. O objetivo será dar espaço a alimentos em busca do fator nutricional, por isso UBEReats, SinDelantal e outras aplicações para trazer alimentos preparados para locais de trabalho não “sairão do estilo”.

Os vídeos com receitas simples, práticas e inovadoras também desempenharão um papel importante em 2018, uma vez que as pessoas que trabalham no escritório, principalmente, buscarão uma maneira de não ficar doente, antes das figuras já mencionadas de doenças crônicas, como diabetes ou hipertensão.

Também recomendamos: Comida de unicórnio, a tendência mais popular de 2017

A comida como tendência, também tende a ser orientada em certa direção …

Neste caso, tudo parece indicar que está indo em direção à tecnologia e à conscientização alimentar.

O que você acha?