Os oito hábitos dos casais satisfeitos




Ter um relacionamento pode tornar-se complicado porque normalmente se acredita que você precisa gastar muito tempo ou fazer grandes presentes para demonstrar carinho, mas, na realidade, a ciência aponta que são os pequenos detalhes que reforçam a união e o amor.

os-oito-habitos-dos-casais-satisfeitos-2

Quando uma pessoa está confortável com seu parceiro, é imediatamente notado que ele tem alguns hábitos que o dispensam e que muitas vezes ele não está ciente disso.

Segundo vários estudos, os oito hábitos mais comuns são os seguintes:

  • Eles dormem “colheres”: a Universidade de Hertfordshire descobriu que 94% das pessoas que dormem nessa posição, se sentem mais felizes em seu relacionamento.
  • Eles se concentram em coisas positivas: ao falar, elas não se concentram apenas em coisas ruins, mas elas destacam as coisas boas tanto no aspecto pessoal como no relacionamento, mesmo quando há discussões.
  • Eles valorizam pequenos gestos: jóias, presentes caros ou dinheiro não são a coisa mais valiosa para eles, de acordo com um estudo da Universidade Aberta. Assistir um filme juntos, trazer seu café favorito ou fazer uma simples caminhada no parque são as coisas que realmente importam para eles.
  • Eles fazem sexo uma vez por semana: um estudo publicado na revista Social Psychological and Personality Science, afirma que ter relações sexuais um dia por semana indica um bom relacionamento e maior felicidade. Ter reuniões mais dias é bom, mas isso não significa que você esteja mais feliz.
  • Eles sempre atendem à paixão: o ritmo da vida não os impede de ter um momento íntimo e cheio de diversão, além de sempre procurar novas maneiras de fazer sexo.
  • Eles se banham juntos: pesquisas publicadas no Journal of Sex Research descobriram que as pessoas que se sentem satisfeitas, tendem a compartilhar o chuveiro. Além de poupar água, viva um tempo especial e divertido.
  • Eles sempre expressam o que sentem: eles sabem que não precisamos esperar seu aniversário, aniversário ou celebração especial para dizer o quanto eles se amam.
  • Eles são realistas: eles não visualizam a outra pessoa como alguém que não são ou pedem-lhes coisas que não podem cumprir, como constantemente adivinhar o que acontece com elas. Nem os colocam em um altar, mas eles os vêem como o que são, a pessoa que os faz felizes e a quem eles ainda amam com seus defeitos.
  • Se você não cumpre esses hábitos, não se preocupe, este é o momento perfeito para você começar a trabalhar nisso.