Castanha-Da-Índia: O Que Serve, Suplementos, Benefícios E Precauções

Castanha-Da-Índia: O Que Serve, Suplementos, Benefícios E Precauções
Ao contrário das castanhas com as quais estamos acostumados, as castanhas-da-índia não são assadas em uma lareira, mas você pode estar interessado em seus usos que, há centenas de anos, a medicina tradicional tem usado para tratar várias condições.

Hoje vamos explorar os benefícios desta planta, como você pode consumi-la e as precauções que você deve ter ao fazê-lo.

O que é El Castaño de Indias?

Castanha-Da-Índia: O Que Serve, Suplementos, Benefícios E Precauções
As castanhas-da-índia, embora sejam parecidas, não estão relacionadas com as castanhas que consumimos no Natal.

Eles vêm de uma família completamente diferente de árvores, chamada hipocastanaceae, das quais quinze variedades, a mais comum é a européia e é usada na maioria dos suplementos.

Quando ainda estão nos galhos, as castanhas-da-índia são encapsuladas em uma casca verde, dura e espinhosa que deixa cair uma semente brilhante e marrom, que no começo foi confundida com uma variedade de castanha.

Embora os cavalos fossem frequentemente alimentados com eles, por causa de seu efeito estimulante e para manter seus casacos brilhantes, hoje sabemos que eles são ligeiramente venenosos para a maioria dos animais, exceto cervos e javalis.

Seu alto conteúdo de saponinas e glicosídeos os torna impróprios para o consumo humano. Embora, as partes que não são tóxicas, podem ser usadas para fazer suplementos.

Leia também o nosso guia sobre os melhores suplementos para Ectomorphs

O que a castanha de cavalo serve?

Castanha-Da-Índia: O Que Serve, Suplementos, Benefícios E Precauções
Tradicionalmente, a castanha da Índia tem sido usada para aliviar dores nas articulações, problemas digestivos e da bexiga, febres e cãibras nas pernas.

Muitos desses efeitos não foram explorados pela ciência, embora hoje saibamos que ela tem uma notável capacidade de combater a insuficiência venosa, as hemorróidas e a inflamação após a cirurgia.

Ele também tem um grande poder antioxidante, ajuda a combater a infertilidade nos homens e algumas evidências indicam que ele pode matar certos tipos de células cancerígenas.

Outros usos que foram dados recentemente, têm a ver com o tratamento do aumento da próstata, dor menstrual e eczema, mas mais pesquisas são necessárias para confirmar sua eficácia.

Leia também nosso guia sobre como melhorar sua digestão naturalmente

6 benefícios do extrato da semente da castanha de cavalo

Castanha-Da-Índia: O Que Serve, Suplementos, Benefícios E Precauções
Vamos listar alguns dos benefícios que você pode usar em seu favor desta planta, mas não se esqueça de rever o artigo até o final para saber como você deve tomá-lo e que cuidado você deve ter.

1. É Auxiliar no Tratamento da Insuficiência Venosa

Insuficiência venosa crônica, ou IVC, também conhecida como síndrome pós-trombótica ou flebite, é uma condição que é caracterizada porque as válvulas das veias não funcionam, comumente nas pernas e às vezes nos braços.

O VCI faz com que o sangue se acumule, aumentando a pressão interna das veias, causando desconforto de todos os tipos e aumentando os riscos cardiovasculares.

Estima-se que esta síndrome pode afetar 40% das pessoas nos Estados Unidos em algum momento de suas vidas. É mais comum em mulheres, particularmente após várias gestações, mas também afeta pessoas idosas em geral.

Varizes e trombose ou coágulos no sangue são os principais fatores de risco para o desenvolvimento de insuficiência venosa crônica.

O tratamento médico convencional para essa condição é aplicar compressão nas pernas com ataduras ou meias especializadas, mas muitos pacientes acham muito desconfortável.

Duas revisões especializadas encontraram um número significativo de ensaios controlados, sugerindo que a castanha da Índia pode ser eficaz e segura para o tratamento de curto prazo da IVC. Embora investigações mais extensas sejam necessárias.

Vários cremes para varizes, disponíveis no mercado, contêm extrato de castanha.

Leia também o nosso guia sobre 9 remédios naturais para eliminar varizes

2. Pode causar a morte de certos tipos de células cancerígenas

Quando a pesquisa começa sobre a relação de uma substância com câncer, os cientistas começam observando seu efeito com células de certos tipos de câncer sob condições controladas de laboratório.

Se a substância tiver algum impacto significativo, causando a morte dessas células, investigações subsequentes são iniciadas para determinar se ela funciona como um tratamento oncológico em seres vivos.

Neste ambiente de laboratório, a castanha-da-índia mostrou interferir no desenvolvimento de células cancerígenas, como leucemia, câncer cervical e de mama.

3. É uma boa fonte de antioxidantes

O extrato de castanha-da-índia possui muitos antioxidantes, que podem ajudar seu corpo a combater os danos causados ​​pelos radicais livres.

Alguns estudos encontraram glicosídeos, tanto a quercetina quanto o kaempferol, na castanha-da-índia, ambos poderosos antioxidantes conhecidos por seus intensos efeitos anti-doença.

Outro estudo descobriu que a castanha da Índia pode proteger contra a perda de glutationa, um antioxidante que é fortemente comprometido após sofrer danos no fígado.

Leia também o nosso guia sobre Antioxidant Foods

4. Favorece os efeitos dos prebióticos

Muitos de nós sabemos que alimentos ricos em probióticos melhoram a saúde intestinal, mas poucos sabem que, quando combinados com a castanha, seus benefícios são potencializados.

Os prebióticos são um tipo de fibra não digerível, que é fermentada pela microflora no cólon.

Em 2011, um estudo em roedores comprovou a eficácia do uso de extrato de castanha e óleo de linhaça para melhorar os efeitos dos probióticos, aumentando sua ação.

Os especialistas concordam que os prebióticos são agentes importantes para ajudar a prevenir e tratar o câncer de cólon.

5. Tem possíveis benefícios na cura de feridas

Outro possível benefício da castanha indiana, que tem sido objeto de algumas pesquisas preliminares, é seu efeito na cicatrização de feridas.

Embora estudos em humanos não tenham sido conduzidos, um estudo de 2016 descobriu que a castanha-do-cavalo pode ajudar a induzir contrações de fibroblastos, células essenciais para a regeneração de tecidos danificados.

Quando os fibroblastos se contraem, eles potencialmente induzem a cicatrização mais rápida das feridas. Este efeito pode não ser tão favorável em humanos, mas os resultados obtidos até agora são promissores.

6. Promove a fertilidade masculina

A faixa de infertilidade masculina está crescendo em muitos países ao redor do mundo, mas a castanha-do-cavalo pode ser uma maneira de manter uma contagem de espermatozóides saudável.

Os suplementos de castanha contém escina, que não deve ser confundida com a esculina venenosa encontrada nas castanhas cruas, e que parece aumentar de forma segura e eficaz a contagem de espermatozóides no sêmen.

Alguns estudos constataram que esse aumento está ligado ao efeito vascular da castanha e combate a infertilidade associada a problemas vasculares.

Essa forma particular de infertilidade se deve ao alongamento das veias no escroto e afeta aproximadamente 40% dos homens inférteis.

História e Fatos Interessantes sobre Castanha da Índia

Castanha-Da-Índia: O Que Serve, Suplementos, Benefícios E Precauções
A forma mais comum da planta de castanha vem dos Bálcãs, mas pode ser encontrada em regiões mais temperadas do hemisfério norte, incluindo os Estados Unidos.

Este tipo de árvores é popular na Grã-Bretanha, porque há um jogo no verão, que consiste em cruzar os castanheiros com um estame e revezar-se para acertar a castanha do adversário, procurando ser o primeiro a quebrá-lo.

Infelizmente, muitos dos castanhais da Inglaterra estão em perigo de extinção, devido a uma combinação de doenças e pragas. Estima-se que até 2030 não haverá mais árvores dessa família nessa região.

Esta árvore se adapta bem às condições urbanas e é uma das mais utilizadas para delimitar ruas em países como a França.

O primeiro registro escrito do castanheiro-da-índia aparece em uma carta de 1557, mas não foi amplamente reconhecido até o século XIX.

Essas árvores não têm uma vida particularmente longa e sua madeira não é útil para a construção, o que as faz passar despercebidas por muito tempo.

Embora seu nome em inglês (Horse chessnut) esteja ligado ao uso que foi dado para alimentar os cavalos, ele também pode derivar da marca deixada pelos caules ao cair e se assemelhar a uma ferradura invertida com tudo e um buraco para as unhas.

Como usar o extrato de castanha da Índia?

Em sua apresentação complementar, a castanha é consumida em doses diárias variando entre 400mg e 600mg por dia.

O que realmente importa é o ingrediente ativo, o escin, que, para ser eficaz, deve ser administrado em quantidades entre 100mg e 200mg diários.

Algumas marcas de creme para problemas de varizes contêm extrato de castanha, ou uma combinação de castanha e vassoura de açougueiro, que pode ser encontrada em algumas pomadas naturais para hemorróidas.

Leia também o nosso guia no Top 10 Melhores Cremes Hemorróidas

Possíveis efeitos colaterais da castanha e precauções

Castanha-Da-Índia: O Que Serve, Suplementos, Benefícios E Precauções
Você nunca deve consumir as sementes da castanha diretamente da árvore, pois contém um composto venenoso chamado esculina, que pode causar sangramento e hemorragia interna.

Em sua forma processada, a castanha-da-índia é livre de esculina e seu consumo por curtos períodos é seguro para a maioria. No entanto, a segurança do seu consumo a longo prazo não foi apoiada pela ciência.

Alguns efeitos colaterais, muito esporádicos, podem incluir coceira, náusea, dores de estômago, espasmos musculares e dores de cabeça.

Aqueles que estão prestes a se submeter à cirurgia ou com as seguintes condições, nunca devem consumir castanha:

  • Gravidez ou lactação.
  • Problemas de coagulação
  • Alergia ao látex
  • Doenças do fígado ou rins.
  • Problemas Digestivos

Além disso, castanha da Índia pode interferir com o efeito de alguns medicamentos, como lítio, anticoagulantes e tratamentos para diabetes.

Os problemas registrados pelo uso da castanha, tendem a ser relatos isolados, mas é conhecido o caso de um homem que desenvolveu pericardite aguda após consumi-lo.

Outro relato poderia mostrar uma conexão negativa entre a castanha-da-índia e o angiolipoma renal, um tumor benigno e gorduroso nos rins, por isso deve ser evitado se você tiver essa doença.

Conclusão

Considera-se que o extrato de castanha da Índia pode ajudar a diversas condições de saúde, principalmente aquelas relacionadas a problemas nas veias das pernas. No entanto, mais pesquisas são necessárias para determinar se é eficaz.

Esta planta nunca deve ser consumida crua, é venenosa, mas os suplementos são seguros.

Os efeitos colaterais relatados são raros e esporádicos, mas devem ser considerados para evitar complicações.

Queremos conhecer suas opiniões.