Como Eles Comem Sementes De Abacate E Por Que Não Fazê-Lo Ou Se Fazê-Lo

Como Eles Comem Sementes De Abacate E Por Que Não Fazê-Lo Ou Se Fazê-Lo

Está muito na moda na Internet comer a semente de abacate, mas existe algum perigo em comer a semente de abacate? Que benefícios a semente de abacate supostamente tem?

Como comer sementes de abacate?

Como Eles Comem Sementes De Abacate E Por Que Não Fazê-Lo Ou Se Fazê-Lo
Antes de falar sobre os múltiplos benefícios desta semente, vamos falar sobre como ela está preparada para consumi-la.

Primeiro de tudo, você tem que extrair a semente da fruta com a ajuda de uma faca afiada. Em seguida, é necessário enxaguá-lo bem e desidratá-lo no forno ou em um desidratador a 120ºC por 2 horas.

Uma vez desidratada, a casca externa da semente deve ser retirada e a faca pressionada na semente com uma faca para abri-la. Corte em fatias (sua consistência deve ser macia o suficiente para cortá-lo sem muito esforço).

Depois de cortados em cubos, coloque-os em um processador de alimentos e pulverize-os. A semente estará pronta para adicionar aos seus smoothies ou às suas receitas assadas, o que representa uma bomba de antioxidantes, fibras e nutrientes para o seu intestino.

6 razões pelas quais eles dizem na Internet você deve comer a semente de abacate

1. É uma rica fonte de antioxidantes

Como Eles Comem Sementes De Abacate E Por Que Não Fazê-Lo Ou Se Fazê-Lo
Em um estudo realizado em 2003 na Universidade Nacional de Cingapura, o conteúdo nutricional das sementes de várias frutas foi testado, incluindo tamarindo, abacate, manga e yaca.

Os cientistas chegaram à conclusão de que as sementes dessas frutas mostraram uma atividade antioxidante muito maior que a da polpa da fruta. De fato, verificou-se que as sementes possuem cerca de 70% do teor de antioxidantes.

Enquanto um relatório publicado no Current Pharmaceutical Design em 2013 observou que o componente fenólico e o alto grau de antioxidantes, que contém a semente de abacate, é o que lhe confere alto valor nutricional.

Leia o nosso guia sobre os 5 melhores antioxidantes naturais

2. É muito rico em fibras dietéticas

De acordo com muitos especialistas em saúde, a semente de abacate é um dos alimentos com maior teor de fibra solúvel.

Além de promover baixos níveis de colesterol, a fibra solúvel ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue após a ingestão de carboidratos.

A manutenção de níveis adequados de açúcar no sangue é uma condição fundamental para evitar o risco de diabetes tipo 2.

Da mesma forma, alimentos ricos em fibras são muito úteis para aumentar a saciedade e evitar os desejos entre as refeições.

Outros alimentos ricos em fibras incluem psyllium, maçãs, aveia, feijão e cevada.

Leia o nosso guia sobre os 50 alimentos ricos em fibras que você deve experimentar

3. É um Antimicrobiano Natural

Como Eles Comem Sementes De Abacate E Por Que Não Fazê-Lo Ou Se Fazê-Lo
As sementes de abacate têm ação antifúngica e antibacteriana, tornando-as úteis para estimular a função imunológica e protegê-lo de doenças infecciosas.

Em um estudo realizado em 2009 em tubos de ensaio, a capacidade antifúngica da semente de abacate foi destacada no combate a fungos como Candida e Aedes Aegypti, que é um mosquito transmissor da febre amarela.

4. Reduzir os níveis de colesterol

Em um estudo realizado em 2012, foi demonstrado que a polpa de abacate não é a única parte da fruta que ajuda a diminuir os níveis de colesterol. A semente também tem essa propriedade.

Outro estudo, elaborado com animais e publicado no jornal Las Plantas como Food in Human Nutrition, mostrou que um grupo de camundongos com altos níveis de colesterol experimentou uma redução nos níveis de colesterol geral e LDL (ruim).

Tudo graças à farinha de abacate.

Eles também foram de alguma forma protegidos contra a formação de placas nas artérias, o que é devido ao alto teor de fibras e antioxidantes da semente de abacate.

Por sua parte, o Dr. Tom Wu, que recebeu um prêmio das Nações Unidas por seu trabalho em pesquisa sobre diabetes e câncer, recomenda que pacientes com doenças cardíacas incluam sementes de abacate em sua dieta.

Isso se deve ao alto teor de fibras que os ajuda a controlar seu peso e reduzir os níveis de colesterol.

Leia o nosso guia sobre as 5 táticas para baixar o colesterol rapidamente

5. Contribuir para a saúde digestiva

Como Eles Comem Sementes De Abacate E Por Que Não Fazê-Lo Ou Se Fazê-Lo
Por muitos anos, sementes de abacate têm sido usadas na medicina tradicional dos índios americanos por suas faculdades para manter a saúde digestiva e ajudar a combater problemas como úlcera gástrica, constipação, diarréia ou disenteria.

E, embora esses benefícios não sejam comprovados cientificamente, a grande quantidade de fibras que essa semente possui, bem como suas propriedades antimicrobianas e altos níveis de antioxidantes, a tornam um alimento ideal para sua dieta.

Especialmente, se levarmos em conta que 80% do nosso sistema imunológico é encontrado em nossos intestinos.

Leia o nosso guia sobre como melhorar a digestão naturalmente

6. Tem propriedades anti-inflamatórias

Embora a inflamação seja uma resposta natural ao trauma ou como um meio de defesa diante de possíveis organismos patológicos, muitas vezes ela pode ficar fora de controle e persistir, mesmo que a ameaça não esteja mais presente.

Quando isso acontece, a inflamação se torna crônica e pode se manifestar de várias formas, como doenças cardíacas, alergias, asma, câncer e envelhecimento prematuro.

E os antioxidantes, como os encontrados nas sementes de abacate, são uma das melhores defesas que ajudam a diminuir a resposta inflamatória do corpo, além de reduzir o inchaço e a dor.

Riscos e perigos para a sua saúde que podem apresentar comer abacate

Como Eles Comem Sementes De Abacate E Por Que Não Fazê-Lo Ou Se Fazê-Lo
Até agora, mencionamos todos os benefícios que pesquisas recentes mostraram que a semente de abacate traz. No entanto, existem algumas posições contrárias, que nos dizem sobre seus possíveis riscos.

De acordo com a editora da revista Health, Cynthia Sass MPH, RD, recomenda que seus pacientes consumam abacate todos os dias por seu alto valor nutricional.

Por outro lado, não recomenda a ingestão da semente, pois considera que ainda não há estudos sólidos suficientes para comparar os riscos com os benefícios.

Estudos sobre o consumo de sementes de abacate são muito limitados, e naqueles que existem, os cientistas sempre esclarecem que mais pesquisas devem ser feitas para determinar se o consumo dessa semente tem algum risco.

Isso, juntamente com o fato de os estudos se concentrarem no consumo do extrato da semente e não na própria semente. Da mesma forma, os resultados são baseados apenas em testes de laboratório e não em evidências clínicas.

Mesmo a Comissão de Abacates da Califórnia menciona em seu site que não recomenda o consumo de sementes de abacate, uma vez que contém elementos que não são adequados para consumo humano.

Se você realmente é um fã de abacate, nossa recomendação é que você não o consuma até que mais estudos sejam feitos da maneira mais apropriada e com que frequência ele deve ser comido.

Por enquanto, aproveite o sabor e a consistência desta deliciosa e nutritiva fruta da maneira tradicional.

Você consumiu sementes de abacate? Você sentiu algum efeito?

Siga-nos